' Blog do Walter Lima: SENADOR POMPEU: Prisões, refém, tiroteio e bom esforço da polícia

LEIA TAMBÉM:

17 de abr de 2015

SENADOR POMPEU: Prisões, refém, tiroteio e bom esforço da polícia

Foto divulgação
Senador Pompeu: Uma ação da Polícia Militar levou a prisão de três pessoas durante a madrugada desta sexta,17, em Senador Pompeu. A viatura no comando dos saldados Alberto, Samuel, Deagennelis e Rêmulo, com apoio do major Humberto conseguiram desmantelar os planos dos que estavam envolvidos em um tiroteio no Bairro Pantanal e região do Alto do Cruzeiro. A polícia disse que um dos presos é da cidade de Jaguaretama. 

A polícia disse que uma das mulheres dava cobertura a ele (Homem que tem várias passagens em Jaguaretama) que foi contratado para matar pessoas em Senador Pompeu. Na ação, a polícia disse que o homem suspeito e preso pela polícia teria colocado um revolver dentro da boca de uma criança, naquele bairro.  Além de manter vítima em cárcere privado, disse a polícia. Informações confirma que não atiraram por ser as pessoas erradas. A polícia comemorou dizendo que provavelmente evitou 1 ou mais mortes em Senador Pompeu.

A polícia de Senador Pompeu tem se esforçado para prevenir a onda de violência. Especialistas afirmam que o reforço policial na capital, pode ter contribuído com o aumento no número de crimes nas cidades do interior. Enquanto na capital sobra viaturas, de Raio, COTAM, Ronda, ou mesmo na polícia civil, os policias do interior muitas as vezes têm que fazer "das tripas coração" para atender uma ocorrência. Problemas estes, que nem sempre são enxergados pela sociedade, que clama por reforço. Uma das gratidões do governo seria pelo menos dá a promoção aos bons policias, além de equipa-los, afirmam membros da sociedade, que reconhece o desafio enfrentado pelos policias. 

O dia de sexta foi de correria para a polícia de Senador Pompeu, que começou na noite de Quinta e não parou nem para tomar banho, afirmou um dos PM's. Durante o dia de hoje os PM'S reviraram os matagais em busca de suspeitos e parceiros pistoleiros, amigos dos presos. A população pede reforço policial e já se prepara quando ver algo estranho, muitas as vezes no intuito de fazer uma surpresa para seus predadores. 

Enquanto isso, transitar nas ruas da cidade pode se tornar um pesadelo, disse uma moradora assombrada com a situação vivida nos últimos dias, pensando em tomar outros rumos. Reclama da inércia de instituições que se acovarda, desviando o foco para outros projetos, ao invés de mobilizar-se em momentos oportunos para atender o grito do povo que chora pela falta de lazer, saúde, emprego com condições mínimas de trabalho. Diante disto, um simples blog, juntamente com o radialista Jonathan Cavalcante e as rádios Patu e Humaitá fala por esse povo tão esquecido. Algumas famílias pensam em se mudar do município. 




  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seus comentários. Cautelosamente apreciaremos para liberação.
Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Blog do Walter Lima © Copyright 2011. Tecnologia do Blogger.