' Blog do Walter Lima: Juiz é assassinado em Fortaleza

LEIA TAMBÉM:

9 de mar de 2016

Juiz é assassinado em Fortaleza

Um juiz foi morto em Fortaleza na tarde desta terça-feira,08, enquanto caminhava. Segundo a Polícia Militar o juiz foi abordado em uma praça na Rua Bento Albuquerque por três adolescentes que atiraram nele e fugiram levando o celular.
A Polícia Civil apreendeu um dos suspeitos. Foto reprodução Jorge Alves


A vítima foi identificada como Edvalson Florêncio Marques Batista, de 77 anos. O tiro atingiu a perna e a artéria femoral do juiz. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) realizou atendimento no local, mas Edvalson não resistiu e morreu.


Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que um dos suspeitos foi apreendido. Edvalson Florêncio era juiz aposentado e ingressou na magistratura em 1987 como juiz substituto da comarca de Mulungu, no interior do Ceará. Ele se aposentou em janeiro de 2000, como titular da 2ª Vara de Execuções Penais da Comarca de Fortaleza.


Educadores sociais, especialistas na área de segurança pública e críticos acreditam que enquanto não houver melhor investimento no esporte, cultura, oportunidades de emprego e espaços para lazer, a onda de violência tende aumentar. Questiona-se até que ponto o mau uso das redes sociais tem prejudicado a convivência familiar, desviando crianças, adolescentes e jovens para o mundo do crime.
Nenhum ser humano, classe ou instituição estará imune à violência, enquanto não combater a corrupção e a desigualdade social, que é dever de todos.

Veja todos os vídeos e seja o 1º a saber através do nosso canal do Youtube, curtindo nossa página no Facebook, e nos seguindo no Twitter.                                             
  
                                                           Publicidade
       Conquiste sua casa nova; veja promoções, visite http://www.bholanda.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seus comentários. Cautelosamente apreciaremos para liberação.
Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Blog do Walter Lima © Copyright 2011. Tecnologia do Blogger.